OK
Caetano de Campos: A escola que mudou o Brasil

  • Segunda-Feira, 07 de Maio de 2012
    Por Pedro Antonio Cardoso-Instituto de Educao "Caetano de Campos"
  • Há um tempo atrás levei um susto no Metrô
    Tinha uma exposição de fotos antigas de São Paulo,
    e uma delas era a minha turma do primário do
    Instituto de Educação "Caetano de Campos"
    E cadê eu? Eu não estava
    Estavam todos. Menos o Pedro, pode?
    Pode. Vi que a foto era de 1961
    Aquele povo me acompanhou
    todo o Jardim da Infância e o Primário,
    tiramos fotos juntos todos os anos!

    Fotos que eu ainda guardo,
    mas em 1960 aconteceu um acidente lastimável!
    Ganhei da minha mãe uma nova caneta tinteiro
    Ela era do tipo que se apertava um pino atrás
    e se soltava o pino com ela dentro do tinteiro
    para se carregar, lembra?
    Ela era nova e eu não tinha prática ainda em recarregar.
    Pois é, estava escrevendo e a bichinha falhou
    Eu sentava na última carteira da fila da direita
    Tento ver o que acontece com a caneta

    Tiro a tampinha e mexo um pouco no pino
    para ver se tinha pouca tinta, com a pena virada para mim
    Prá que eu fiz isso?
    Deu uma esguichada que passou pelo meu ombro
    manchando toda a minha camisa fez algumas manchas
    na parede, umas três ou quatro manchas
    A professora na hora viu. Chegou no fundo da sala
    A Dona Deolinda estava muito séria
    Ela pergunta quem fez isso
    e eu respondo que foi a minha caneta

    Toda a classe riu
    Ela mandou eu ir buscar um pano molhado
    com as faxineiras da escola
    Ao sair, do lado de fora da classe,
    ainda ouvi, ela falava para toda turma
    que o Pedro era meio louco
    Voltei com um pano molhado
    e ela me fez limpar as manchas durante a aula
    Foi um constrangimento só.
    Acho que até limpou, não tudo mas limpou

    Só não consegui limpar a minha conduta
    A diretoria chamou a minha mãe
    e me convidaram a mudar de escola
    Cacete eu tinha só dez anos
    Por isso que eu não estava naquela foto
    Eu já estudava no Liceu Coração de Jesus
    Tinha perdido a minha turma
    Passaram 45 anos mas acho que ainda
    está em tempo de esclarecer
    para os meus antigos colegas:

    Ayr Ribeiro de Carvalho Jr, Arnaldo Pacheco do Amaral,
    Carlos Eduardo Padula, Carlos Henrique Miranda,
    Claudio Guastelli, Cláudio de Soares Ferreira,
    Cristiano Fred Marques Bicudo, Edmylson Giorgi,
    Fábio Ortiz Júnior, Francisco Ernesto Frailde Jr,
    Francisco Aurélio Nunes Somma, Hernani Medeiros Luz,
    Ivam Toledo de Albuquerque, Jair Camargo Novaes,
    José Fernando Delgado, José Luciano Mori,
    José Mario Popa, José Roberto Cesar Coimbra,
    Lúcio Antonio Juliano, Luiz Roberto Mori,
    Nelson Lapyda, Nelson Rodrigues Bello Jr,
    Paulo Afonso Ferreira Araujo, Paulo Roberto Messina,

    Pedro Romeiro Hermetto, Ricardo Jesus Romam Amigo,
    Rafael de Nigres Leça, Sérgio Abrahão,
    Sérgio Lopes Fernandes, Turibio Leite de Barros Neto,
    Ana Maria Viana, Clara Mintz,
    Dora Lautsman Gaia, Edna Venegas Franção,
    Evelina Rosita Montano, Evelina Haidamus,
    Lucia Helena de Barros, Márcia Aparecida Simões,
    Maria Cristina Vasconcelos, Maria Luiza Carralcazaz,
    Mirian Leig Maia, Silvia Helena Penteado,
    Silvia Helena Levi, Sofia Alvim,
    Stella Maria Lopes Wirthmann, Suely Elizabeth Lichtfeld,
    Terezinha Lúcia Zambotto, Vera Inês Hanze Marmo

    - Foi um acidente!
    Eu queria ter saído naquela foto.
    Muito anos depois, na formatura da minha filha
    visito as classes do secundário
    do Instituto Mackenzie
    Elas eram impecáveis quando estudei lá
    nos meados dos anos sessenta
    Estavam todas tão rabiscadas
    e cheias de grafites que eu pensei:
    Pô, a Deolinda não lecionou aqui!



    Voltar