OK
Caetano de Campos: A escola que mudou o Brasil

Documentários e entrevistas gravadas

  • Sábado, 09 de Abril de 2011
    Mes Voluntrias
  •  

    Eu me lembro, que quando entrei na primeira série, sempre via algumas mães e avós de meus colegas ajudando como voluntárias na escola.Uma avó que vivia colaborando na organização das festas da escola era a D. Gioconda Glass Pereira, avó da nossa colega Cecília. Ela foi uma pessoa tão dedicada que desde que seu neto mais velho, José entrou no Caetano, sempre o acompanhava em todas as festas e principalmente, quando a Cecília começou no primeiro grau do Jardim de infância, ela já ajudava as professoras com a execução de fantasias, painéis, brindes, ficava nas barracas nas festas juninas e sempre vestia a neta com roupas típicas para cada celebração, pois como vocês podem ver no álbum da Cecília, ela sempre foi fotografada com peças muito bem executadas, até mesmo de um passarinho, que aliás, segundo os filhos dela, tava “pagando o maior mico”e não deveria ter mandado a foto para ser publicada no blog, porque ia “queimar o filme “. Bem, não só a D. Gioconda, que infelizmente partiu no ano passado aos 97 anos de idade, deixando saudades, outras mães sempre eram vistas na escola, como a D. Helena, mãe da Eliane, uma senhora japonesa, muito simpática, que começou o seu trabalho de voluntariado lá no Jardim de infância da Unidade da Aclimação. Foi ela a responsável por conseguir a doação através do seu pai , de uns lequinhos distribuidos em 1969 na festa da pipoca, onde ela pacientemente escreveu no verso dos tais leques alguns dizeres ( vejam depois nas fotos da matéria “todo mundo um dia foi criança ").Eu me perguntei por muito tempo, o que festa junina tinha a ver com leque japonês, só descobri isso esse mês quando a Eliane disse que tinha sido doação do avô. Então tá!
    Outra pessoa muito especial, é a D. Dirce, mãe do Paulo Sérgio, a gente gostava de beijá-la quando a víamos na escola. Tive o prazer de encontrá-la e pegar um pequeno depoimento sobre as mães voluntárias, vejam a seguir.
     
     
     
     



    Voltar